Reportagem – Um lindo dia no Alto do Douro

Degustações experiências culturais
num dos lugares mais incríveis da Europa

DDC2F760-BE76-4F82-959B-17AE48169DF5

Esta semana eu participei de um dia do Cooking in Portugal, que é um roteiro turístico, com muita gastronomia, degustações, visitas em lugares históricos e muitas informações culturais. Ao todo são sete dias de atividades, concentradas na região norte de Portugal. Ontem foi o dia do Alto do Douro, uma região encantadoramente linda, com paisagens de tirar o fôlego. Agora eu divido um pouquinho com vocês de como foi este dia de cinema.

IMG-1398

Dona Rosália
Saímos do centro do Porto e seguimos por pouco mais de uma hora por um caminho, que por si só, já é um grande espetáculo. Vales incríveis de parreiras de uvas desenhando formas geométricas nas montanhas, agora douradas por conta do outono.
Nossa primeira parada foi uma cidadezinha chamada Favaios. Lugarzinho pequeno e bucólico, com charmosas ruazinhas de pedra. Em uma delas ficava a casa da Dona Rosália. Ela foi última criada de Salazar, possui um livro (Última Criada de Salazar por Miguel Carvalho)  que conta sua história e até hoje trabalha com muita garra, dedicação e um grande amor pelo que faz. Acorda, todos os dias, às 4hs da manhã e produz sozinha cerca de 400 pães por dia. Estamos falando do tradicional pão de quatro cantos. Possui estes cantos porquê antigamente, as mulheres oravam para que o pão crescesse e, na hora de sovar a massa a deixavam em formato de cruz, acreditando que assim Deus atenderia suas preces. Desde de então, o pão é feito da mesma maneira, levando apenas farinha, água, fermento e sal. Muito saboroso.

IMG-1480

Adega de Favaios
Na Adega de Favaios descobri que esta região só possui permissão para fazer a produção do vinho moscatel devido à sua altitude, que é de 600 metros acima do nível do mar. Mas o processo de produção é o mesmo do vinho do Porto. Utilizam a uva para este tipo de vinho, e não para os tradicionais espumantes moscatel que conhecemos no Brasil.
A produção impressiona para um local com apenas mil habitantes. São cinco milhões de garrafas de 0,75ml e 26 milhões de garrafas de 0,55ml, um total de 6,5 milhões de litros por ano. Fazendo uma comparação, o vinho do Porto fermenta em torno de 5 a 6 dias e fica com 19 a 21 graus de teor alcóolico. Mais de cem tipos de uva podem ser utilizadas na seleção de um blend. O resultado é uma bebida ideal para acompanhar sobremesas.
Já o moscatel fermenta em torno de três dias, e fica com 17 graus de teor alcóolico, em média. E não são utilizados outros tipos de uva, somente a moscatel. Muitas pessoas consideram o moscatel um vinho do Porto branco. É uma bebida ótima para ser servida como aperitivo ou para compor coquetéis.

IMG-1522
Quinta da Avessada
Uma propriedade incrível, onde almoçamos, degustamos vinhos e desfrutamos de toda a paisagem que a cercava. A cada prato que serviam, contavam toda a história de como a receita foi criada e o porquê de aqueles ingredientes estarem presentes. Descobrimos coisas interessantíssimas e fatos históricos, ao mesmo tempo em que desfrutamos de um cardápio farto e delicioso.

Os vinhos servidos foram:
Vinho branco produzido com uva moscatel, floral no nariz e frutado na boca, com final de boca curto.
Vinho tinto feito com o método tradicional, ou seja, com uvas esmagadas por pisadas dos moradores de Encostas de Pinhão. Feito com três castas principais do Douro – Touriga Nacional, Tinta Roriz e Tinta Franca. Frutado, jovem e fácil de beber.

 

IMG-1488Francesinhas
Encerramos a noite voltando para o Porto, fomos aos Cais de Gaia, onde tivemos uma aula, com a Chef Liliana Balixa, de como se faz uma Francesinha, um prato típico daqui. As integrantes do grupo colocaram seus aventais e a mão na massa. Eu nem tentei, porque não sirvo pra isso,hehe. A Francesinha leva pão, salsicha, carne, presunto, mortadela, queijo e um molho de pimenta maravilhoso. Depois de montada, vai para o forno a lenha, onde é gratinada, depois é só se deleitar. Maravilha!

IMG-1699

 Foi uma experiência incrível. Eu amei! Amei também conhecer minhas companheiras animadas e queridas, que ficarão para sempre na minha memória, beijo carinhoso para vocês: Luciana, Dilza, Naira e Suzana. E agradeço aos amigos queridos, Guilherme Buest e Victor Barros, pelo elegante convite. Para quem quiser ver os vídeos deste dia, é só acessar meu insta @lazzarettipati, clique no #Cooking nos destaques, tá tudinho lá. E você pode viver esta experiência e muitas outras na próxima edição do Cooking in Portugal, que acontece de 17 a 23 de março de 2019 (com a possibilidade de se criar datas personalizadas para grupos fechados). Os participantes ganham certificado de formação gastronômica de 40 horas, e contam com sistema “all inclusive”, ou seja, todas as experiências gastronômicas, culturais (incluindo festivais de fado), hospedagem e deslocamento terrestre está incluído no pacote. Para mais informações acesse www.cookinginportugal.com Utilize o código PATILAZZARETTI na hora de fazer sua inscrição e ganhe 5% de desconto.

IMG-1478

Serviço
http://www.cookinginportugal.com
(+351) 912 888 139
info@cookinginportugal.com

Espero que tenha curtido minha experiência. Adoraria saber da sua.
Divida comigo sua experiência gastronômica e/ou vínica!
Compartilhe suas dicas!
Insta @lazzarettipati
facebook/blogpatilazzaretti
email patilazzaretti.blog@gmail.com

4 respostas para “Reportagem – Um lindo dia no Alto do Douro”

  1. PATI, esse é o tipo de matéria que faz toda a diferença pois quem não possui essa informações nem imagina existir um roteiro como esse. Certamente em 2020 espero lhe encontrar repetindo esse roteiro. Cada dia que passa o meu interesse pela gastronomia e vinhos portugueses aumentam, graças a você. Obrigadão pela dica e parabéns pela dica. Rodrigo Augusto

    Curtir

  2. PATI, aqui no Brasil não tem os vinhos que constam nessa reportagem – procurei mas não achei aqui, mas pesquisando os achei e o preço deles me parece bem interessantes. Responde ai.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s